Participe

Novas regras para o cartão de crédito começam a valer nesta sexta-feira

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e telefoneComeçam a valer nesta sexta-feira (1º) as novas regras para o cartão de crédito. As medidas foram aprovadas no fim de abril pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e buscam diminuir as taxas de juros cobradas nessa modalidade de crédito.

A principal mudança foi o fim da regra que fixava o pagamento mínimo das faturas em 15% do valor total. A partir de agora, cada banco ou empresa (lojistas e empresas de seguro, por exemplo, que também emitem cartões) poderá definir um percentual de pagamento mínimo para cada cliente, de acordo com o perfil dele e relacionamento com a instituição.

Leia mais...

Missa de Corpus Christi é celebrada em Inhapim

A imagem pode conter: 1 pessoa, área internaA Paróquia São Sebastião de Inhapim, realiza na manhã desta quinta-feira (31) a Santa Missa de Corpus Christi.
De segunda-feira (28) até esta quarta-feira (30) foi celebrado, na Matriz São Sebastião, o tríduo que antecede a solenidade de Corpus Christi.

No calendário católico, há dois dias em que se celebra a Eucaristia: na Quinta-feira Santa, em recolhimento e em silêncio, e Corpus Christi, proclamando publicamente a dimensão redentora da Eucaristia. Por isso, é tradição que, neste dia, aconteça uma procissão pelas ruas, com o Santíssimo exposto.

Leia mais...

Fiéis de Inhapim montam tapetes de Corpus Christi

A imagem pode conter: atividades ao ar livreNa manhã desta quinta-feira (31) nas ruas de Inhapim, seguindo uma tradição católica, muitos fiéis estão confeccionando tapetes, para celebrar Corpus Christi. Utilizando serragem, flores, pó de café, sal e materiais reciclados nos desenhos coloridos de inspiração religiosa. Os tapetes são usados na passagem das procissões que marcam a data.

Os fiéis se dividiram em vários grupos, sendo que cada um, ficou responsável por enfeitar determinado local. Neste momento na matriz de Inhapim está acontecendo a Oração das Laudes, logo após, às 08h terá início a Missa, que será transmitida pela Rádio Clube.

Leia mais...

Acidente em Inhapim deixa duas vítimas fatais

Nenhum texto alternativo automático disponível.O acidente aconteceu na madrugada desta quinta-feira (31) na BR 116 próximo a Inhapim.

Amarildo Augusto de Oliveira, 21 anos, e Adalberto dos Santos Mariano, 30 anos, estavam em um veículo que colidiu com um caminhão.

De acordo com Sargento Oliveira do Corpo de Bombeiros Militares de Caratinga, o caminhão seguia sentido a Governador Valadares, quando se deparou com o veiculo tentando entrar na pista, pelas marcas de frenagem, nota-se que o motorista do caminhão tentou evitar a colisão, porém sem êxito.

Com o impacto da batida o veículo de passeio ficou destruído, as vítimas morreram na hora.

Leia mais...

Evangelho do Dia

Quinta-feira, 11 de agosto de 2022

Mt 18,21-19,1

Naquele tempo, 18,21Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: “Senhor, quantas vezes devo perdoar, se meu irmão pecar contra mim? Até sete vezes?” 22Jesus respondeu: “Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete. 23Porque o Reino dos Céus é como um rei que resolveu acertar as contas com seus empregados. 24Quando começou o acerto, trouxeram-lhe um que lhe devia uma enorme fortuna.

25Como o empregado não tivesse com que pagar, o patrão mandou que fosse vendido como escravo, junto com a mulher e os filhos e tudo o que possuía, para que pagasse a dívida. 26O empregado, porém, caiu aos pés do patrão, e, prostrado, suplicava: ‘Dá-me um prazo! e eu te pagarei tudo’. 27Diante disso, o patrão teve compaixão, soltou o empregado e perdoou-lhe a dívida. 28Ao sair dali, aquele empregado encontrou um dos seus companheiros que lhe devia apenas cem moedas. Ele o agarrou e começou a sufocá-lo, dizendo: ‘Paga o que me deves’.

29O companheiro, caindo aos seus pés, suplicava: ‘Dá-me um prazo! e eu te pagarei’. 30Mas o empregado não quis saber disso. Saiu e mandou jogá-lo na prisão, até que pagasse o que devia. 31Vendo o que havia acontecido, os outros empregados ficaram muito tristes, procuraram o patrão e lhe contaram tudo. 32Então o patrão mandou chamá-lo e lhe disse: ‘Empregado perverso, eu te perdoei toda a tua dívida, porque tu me suplicaste. 33Não devias tu também, ter compaixão do teu companheiro, como eu tive compaixão de ti?’

34O patrão indignou-se e mandou entregar aquele empregado aos torturadores, até que pagasse toda a sua dívida. 35É assim que o meu Pai que está nos céus fará convosco, se cada um não perdoar de coração ao seu irmão”. 19,1Ao terminar estes discursos, Jesus deixou a Galileia e veio para o território da Judeia além do Jordão.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.