Participe

Com o frio intenso dos últimos dias, nasce a solidariedade.

A imagem pode conter: 3 pessoas, sapatos e área internaEm Inhapim, Isabelle Querino, Anna Lívia, Luiz Gustavo e Forlan Júnior saíram às ruas, na noite desta quarta-feira (10), para levar cobertores e alimentos quentes para os moradores de rua. Eles deram início a Campanha do Agasalho e pedem doações.

Sem ter um teto para se aconchegar, as pessoas que vivem nas ruas enfrentam o frio, com temperaturas abaixo de 11 graus, desprotegidos.

Para levar um pouco de alento a esses moradores, o grupo de amigos se dispôs a levar cobertores e alimentos, em um ato nobre de compaixão e solidariedade. Em suas páginas do Facebook, os amigos publicaram mensagens incentivando outras pessoas a participarem da ação: "Fazer o bem ao próximo é o maior bem da alma! Obrigado a todos pelas doações! Espero que esta postagem sirva de incentivo para mais pessoas fazerem algo de bom pro seu próximo! AINDA ESTAMOS ACEITANDO DOAÇÕES (COBERTORES,COLCHONETE, TRAVESSEIROS) PARA MAIS INFORMAÇÕES ENTRE EM CONTATO COMIGO, Luis Gustavo, OU COM Isabelle Querino". Escreveu Luiz Gustavo.

Já Forlan Júnior, publicou: “Ontem tivemos a tarefa de levar um pouco do que tínhamos há alguns moradores de ruas. Fizemos a abordagem de 6 pessoas que se encontravam em situações de vulnerabilidade, fome e frio. Oferecemos a eles o pouco que tínhamos; cobertores, queimadinha e pães. Hoje continuaremos nossa jornada. Não temos condições de todos os dias está levando a eles um pouco de calor e comida, mas se todos ajudarem vão ficar muito gratos.”

Em um mundo de críticos, devemos parabenizar e seguir o exemplo de pessoas que procuram fazer o bem ao próximo.

Evangelho do Dia

Segunda-feira, 22 de Julho de 2019 

João 20,1-2.11-18

1No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus, bem de madrugada, quando ainda estava escuro, e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo. 2Então saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava, e lhes disse: “Tiraram o Senhor do túmulo, e não sabemos onde o colocaram”. 11Maria estava do lado de fora do túmulo, chorando. Enquanto chorava, inclinou-se e olhou para dentro do túmulo. 12Viu, então, dois anjos vestidos de branco, sentados onde tinha sido posto o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés.

13Os anjos perguntaram: “Mulher, por que choras?” Ela respondeu: “Levaram o meu Senhor e não sei onde o colocaram”. 14Tendo dito isto, Maria voltou-se para trás e viu Jesus, de pé. Mas não sabia que era Jesus. 15Jesus perguntou-lhe: “Mulher, por que choras? A quem procuras?” Pensando que era o jardineiro, Maria disse: “Senhor, se foste tu que o levaste dize-me onde o colocaste, e eu o irei buscar”.

16Então Jesus disse: “Maria!” Ela voltou-se e exclamou, em hebraico: “Rabuni” (que quer dizer: Mestre). 17Jesus disse: “Não me segures. Ainda não subi para junto de meu Pai. Mas vai dizer aos meus irmãos: subo para junto do meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus”. 18Então Maria Madalena foi anunciar aos discípulos: “Eu vi o Senhor!”, e contou o que Jesus lhe tinha dito.

  - Palavra da Salvação.

 - Glória a vós, senhor