Participe

Direção do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora e médicos correm contra o tempo para Maternidade não fechar

A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livreSem recursos UTI Neonatal poderá ser paralisada nesta sexta (15).

Mais uma crise envolve o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora em Caratinga. O alvo da crise no momento é novamente a Maternidade Grimaldo Barros, anexo ao HNSA. Com salários atrasados e a falta de materiais para o trabalho, o espaço está a um fio de seu fechamento.

Correndo contra o tempo, estão os profissionais da área médica e a própria direção da Maternidade, que buscam ajuda através da Superintendência Regional de Saúde, por meio do Estado, e consequente, a manutenção dos atendimentos prestados na unidade de saúde. Caso não consiga a ajuda necessária, está previsto o fe

chamento do espaço ainda nesta sexta-feira
No site do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, a direção ressalta que de janeiro a julho de 2018, a Maternidade Grimaldo Barros realizou 811 partos, sendo 373 procedimentos normais e 438 partos realizados através de cesária.

Maternidade Grimaldo Barros

O HNSA é caracterizado como Hospital Geral Nível II e conta com o serviço de Maternidade de Alto Risco, profissionais gineco-obstetras capacitados e uma equipe de trabalho acolhedora. Além disso, o diferencial em retaguarda de UTI Neonatal, Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Convencional (UCINCo) e Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Canguru (UCINCa).

Fonte: Doctum TV

 

Evangelho do Dia

 

Lc 6,36-38

 

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 36“Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso. 37Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai, e sereis perdoados. 38Dai e vos será dado. Uma boa medida, calcada, sacudida, transbordante será colocada no vosso colo; porque com a mesma medida com que medirdes os outros, vós também sereis medidos”.

 

 

- Palavra da Salvação.

 - Glória a vós, senhor