Participe

Direção do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora e médicos correm contra o tempo para Maternidade não fechar

A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livreSem recursos UTI Neonatal poderá ser paralisada nesta sexta (15).

Mais uma crise envolve o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora em Caratinga. O alvo da crise no momento é novamente a Maternidade Grimaldo Barros, anexo ao HNSA. Com salários atrasados e a falta de materiais para o trabalho, o espaço está a um fio de seu fechamento.

Correndo contra o tempo, estão os profissionais da área médica e a própria direção da Maternidade, que buscam ajuda através da Superintendência Regional de Saúde, por meio do Estado, e consequente, a manutenção dos atendimentos prestados na unidade de saúde. Caso não consiga a ajuda necessária, está previsto o fe

chamento do espaço ainda nesta sexta-feira
No site do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, a direção ressalta que de janeiro a julho de 2018, a Maternidade Grimaldo Barros realizou 811 partos, sendo 373 procedimentos normais e 438 partos realizados através de cesária.

Maternidade Grimaldo Barros

O HNSA é caracterizado como Hospital Geral Nível II e conta com o serviço de Maternidade de Alto Risco, profissionais gineco-obstetras capacitados e uma equipe de trabalho acolhedora. Além disso, o diferencial em retaguarda de UTI Neonatal, Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Convencional (UCINCo) e Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Canguru (UCINCa).

Fonte: Doctum TV

 

Evangelho do Dia

 

Jo 15,9-11

 

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 9“Como meu Pai me amou, assim também eu vos amei. Permanecei no meu amor. 10Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como eu guardei os mandamentos do meu Pai e permaneço no seu amor. 11Eu vos disse isto, para que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja plena”.

 

 - Palavra da Salvação.

 - Glória a vós, senhor