Participe

Liberados saques do PIS/Pasep esquecidos em 2022

Nenhuma descrição de foto disponível.Os trabalhadores que, nos anos anteriores, esqueceram dois saques do abono salarial PIS/Pasep, ano-base de 2019/2020 têm uma nova chance. Esta semana o governo liberou um novo período para que os trabalhadores possam efetuar a retirada dos valores das contas. Além disso, o PIS 2021 já foi liberado para aqueles trabalhadores que fizeram uma solicitação formal ao Ministério do Trabalho.
 
O PIS é pago pela Caixa Econômica Federal aos trabalhadores do setor privado, enquanto os servidores públicos recebem o Pasep no Banco do Brasil.
 
Para ter direito ao saque do abono salarial PIS/Pasep, o trabalhador precisa:
 
• estar cadastrado há pelo menos cinco anos no PIS ou Pasep;
• ter trabalhado com carteira assinada por Pessoa Jurídica por pelo menos 30 dias no ano-base;
• no ano-base, ter recebido remuneração mensal de até dois salários mínimos;
• ter os dados informados e atualizados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS)/eSocial.
 
O abono salarial PIS/Pasep 2022 tem como ano-base 2020. Isso significa que, para ter direito ao benefício, os trabalhadores precisam se encaixar nos critérios no ano de 2020. O valor do PIS depende da quantidade de meses trabalhados de carteira assinada no ano-base.
 
Apesar de já ter sido liberado, muitos trabalhadores ainda não sacaram o PIS. A boa notícia é que o valor normalmente é depositado automaticamente na conta do beneficiário e pode ser sacado ou transferido até o dia 29 de dezembro deste ano. É possível descobrir a data de pagamento do PIS 2021 atrasado pelo aplicativo da Carteira de Trabalho Digital.
 
O telefone Caixa PIS é o mesmo do Atendimento Caixa ao Cidadão. O número é o 0800-726-0207, o 0800 Caixa PIS. A central Alô Trabalhador, no telefone 158, também pode ser usada para consultar o PIS.
 
06/05/2022

Evangelho do Dia

Terça, 24 de maio de 2022

Jo 16,5-11

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 5“Agora, parto para aquele que me enviou, e nenhum de vós me pergunta: ‘Para onde vais?’ 6Mas, porque vos disse isto, a tristeza encheu os vossos corações. 7No entanto, eu vos digo a verdade: É bom para vós que eu parta; se eu não for, não virá até vós o Defensor; mas, se eu me for, eu vo-lo mandarei. 8E quando vier, ele demonstrará ao mundo em que consistem o pecado, a justiça e o julgamento: 9o pecado, porque não acreditaram em mim; 10a justiça, porque vou para o Pai, de modo que não mais me vereis; 11e o julgamento, porque o chefe deste mundo já está condenado”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.