Participe

Auxílio emergencial vai ser estendido até o fim da vacinação contra covid-19, diz Guedes

Pode ser uma imagem de tela, telefone e texto que diz "Tuelie BRASIL LOVERNO PÁTRIA AMADA Ola, Auxílio bem- vindo(a) Emergencial 00 FEDERAL CAIXA Governo Governo Saibamois mois Federal"O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o auxílio emergencial e outros programas de ajuda para pequenos e microempresários, adotados na pandemia, serão mantidos até a vacinação da população contra covid-19. A informação foi revelada presidente do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Carlos Melles.
 
"O ministro afiançou agora um pedido que a gente fez. Hoje colocou aquilo que a gente esperava. O auxílio [emergencial] vai até que o rebanho esteja vacinado. A nossa previsão é que até o final de outubro nós estaríamos com o rebanho vacinado. Esse foi o entendimento. E a gente espera que no final de outubro o rebanho esteja vacinado", alegou.
 
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e parte da ala ministerial também estavam presentes no encontro de Guedes.
Conforme levantamento das secretarias estaduais de Saúde, 49.584.110 pessoas (23,4% da população) tomaram a primeira dose da vacina contra covid-19, enquanto 23.026.663 (10,8% da população) recebeu a segunda dose, que garante a eficácia estabelecida pelas vacinas.
 
Fonte: Itatiaia
08/06/2021

Evangelho do Dia

Segunda-feira, 21 de Junho de 2021

Mt 7,1-5

Naquele tempo disse Jesus aos seus discípulos: 1“Não julgueis e não sereis julgados. 2Pois, vós sereis julgados com o mesmo julgamento com que julgardes; e sereis medidos, com a mesma medida com que medirdes.

3Por que observas o cisco no olho do teu irmão, e não prestas atenção à trave que está no teu próprio olho? 4Ou, como podes dizer a teu irmão: ‘Deixa-me tirar o cisco do teu olho’, quando tu mesmo tens uma trave no teu? 5Hipócrita, tira primeiro a trave do teu próprio olho e então enxergarás bem para tirar o cisco do olho do teu irmão”.

 

— Palavra da Salvação

— Glória a vós, Senhor.