Participe

Malária é confirmada em 112 casos na região Noroeste do ES

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, atividades ao ar livre e naturezaO Espírito Santo já registra 112 casos confirmados de malária, até a manhã desta sexta-feira (10). Em Vila Pavão, onde um laboratório foi montado para monitorar a doença, já foram registrados 92 casos. E em Barra de São Francisco, 20.

Além dos registros confirmados, uma pessoa morreu por causa da doença. Foi o idoso Ailton Pereira da Silva, de 76 anos, que morreu na última semana.

Para conter o avanço da doença, repelentes começaram a ser distribuídos de graça para a população de Vila Pavão após a confirmação dos casos. A cidade também recebeu um carregamento de inseticidas.

Além das ações de prevenção, os municípios receberam testes rápidos, que são aplicados em idosos, crianças e grávidas, e dão um resultado em 15 minutos.

As pessoas desse grupo prioritário, caso sejam diagnosticadas com malária, são internadas imediatamente no hospital.

A malária é uma doença comum em estado do Norte do Brasil. A transmissão ocorre pela picada do mosquito Anopheles stephensi, chamado de mosquito prego, que também se reproduz em água parada.

Evangelho do Dia

Sábado, 20 de Outubro de 2018

Lucas 12,8-12

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 8“Todo aquele que der testemunho de mim diante dos homens, o Filho do Homem também dará testemunho dele diante dos anjos de Deus. 9Mas aquele que me renegar diante dos homens, será negado diante dos anjos de Deus. 10Todo aquele que disser alguma coisa contra o Filho do Homem será perdoado. Mas quem blasfemar contra o Espírito Santo não será perdoado. 11Quando vos conduzirem diante das sinagogas, magistrados e autoridades, não fiqueis preocupados como ou com que vos defendereis, ou com o que direis. 12Pois, nessa hora, o Espírito Santo vos ensinará o que deveis dizer”.

 — Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.