Participe

Malária é confirmada em 112 casos na região Noroeste do ES

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, atividades ao ar livre e naturezaO Espírito Santo já registra 112 casos confirmados de malária, até a manhã desta sexta-feira (10). Em Vila Pavão, onde um laboratório foi montado para monitorar a doença, já foram registrados 92 casos. E em Barra de São Francisco, 20.

Além dos registros confirmados, uma pessoa morreu por causa da doença. Foi o idoso Ailton Pereira da Silva, de 76 anos, que morreu na última semana.

Para conter o avanço da doença, repelentes começaram a ser distribuídos de graça para a população de Vila Pavão após a confirmação dos casos. A cidade também recebeu um carregamento de inseticidas.

Além das ações de prevenção, os municípios receberam testes rápidos, que são aplicados em idosos, crianças e grávidas, e dão um resultado em 15 minutos.

As pessoas desse grupo prioritário, caso sejam diagnosticadas com malária, são internadas imediatamente no hospital.

A malária é uma doença comum em estado do Norte do Brasil. A transmissão ocorre pela picada do mosquito Anopheles stephensi, chamado de mosquito prego, que também se reproduz em água parada.

Evangelho do Dia

 

Mc 3,1-6

 

Naquele tempo, 1Jesus entrou de novo na sinagoga. Havia ali um homem com a mão seca. 2Alguns o observavam para ver se haveria de curar em dia de sábado, para poderem acusá-lo. 3Jesus disse ao homem da mão seca: “Levanta-te e fica aqui no meio!” 4E perguntou-lhes: “E permitido no sábado fazer o bem ou fazer o mal? Salvar uma vida ou deixá-la morrer?” Mas eles nada disseram.

5Jesus, então, olhou ao seu redor, cheio de ira e tristeza, porque eram duros de coração; e disse ao homem: “Estende a mão”. Ele a estendeu e a mão ficou curada.

6Ao saírem, os fariseus com os partidários de Herodes, imediatamente tramaram, contra Jesus, a maneira como haveriam de matá-lo.

     

- Palavra da Salvação.

   - Glória a vós, senhor.