Participe

CANDIDATOS A PREFEITO E A VEREADOR DE SÃO SEBASTIÃO DO ANTA ESTÃO PRESOS ACUSADOS DE TENTAREM FRAUDAR CONCURSO PÚBLICO. PROVAS DESTE DOMINGO ESTÃO CANCELADAS

A imagem pode conter: texto que diz "Concurso Publico PREFEITURA DE SÃO SEBASTIÃO DO ANTA ATENÇÃO CANDIDATOS: Concurso suspenso por determinação judicial. Aguardem novas informações. Edital n° 001/2020 Inscrições de 17/08/2020 a 17/09/2020 95 QUANTIDADE DE VAGAS MAIS INFORMAÇÕES"O prefeito de São Sebastião do Anta, João Batista Vinha, suspendeu o concurso público para preenchimento de vagas nos quadros administração municipal. As provas escritas marcadas para o próximo domingo (18) não serão aplicadas e não foi definida nova data para o certame.
 
O município acata decisão provisória da justiça, que foi acionada pelo Ministério Público. De acordo com o MP, Valter Custódio de Melo, candidato a prefeito de São Sebastião do Anta, bem como Paulo Pinto da Silva, candidato a vereador no mesmo município, ambos do grupo político do atual prefeito, estão oferecendo vagas a serem preenchidas pelo Concurso Público n° 001/2020 a diversos munícipes em troca de votos e apoio político dos familiares nas eleições. O MP afirma ter encontrado indícios de que o concurso está sendo utilizado com fins meramente políticos.
 
Além desta grave denúncia, questiona-se a realização de concurso por questões sanitárias devido à pandemia de Covid-19. Neste período, também está proibida por lei a criação de cargo, emprego ou função que implique em aumento de despesa.
 
Como a prova seria aplicada no próximo domingo, o Ministério Público requereu liminar em caráter de urgência. Todos os atos relativos ao certame estão suspensos, sob pena de multa diária de R$ 1 mil.
Foram ouvidas testemunhas e áudios também estão anexados ao processo. Com base nas provas coletadas, a justiça determinou a prisão preventiva candidatos Valter Custódio e Paulo Pinto. Aos réus foi dado prazo para defesa e contestação.
 
16/10/2020 12:45

Evangelho do Dia

Quarta-feira, 21 de OUTUBRO de 2020

Lc 12,39-48

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 39“Ficai certos: se o dono da casa soubesse a hora em que o ladrão iria chegar, não deixaria que arrombasse a sua casa. 40Vós também ficai preparados! Porque o Filho do Homem vai chegar na hora em que menos o esperardes”.

41Então Pedro disse: “Senhor, tu contas esta parábola para nós ou para todos?” 42E o Senhor respondeu: “Quem é o administrador fiel e prudente que o senhor vai colocar à frente do pessoal de sua casa para dar comida a todos na hora certa? 43Feliz o empregado que o patrão, ao chegar, encontrar agindo assim! 44Em verdade eu vos digo: o senhor lhe confiará a administração de todos os seus bens. 45Porém, se aquele empregado pensar: ‘Meu patrão está demorando’, e começar a espancar os criados e as criadas, e a comer, a beber e a embriagar-se, 46o senhor daquele empregado chegará num dia inesperado e numa hora imprevista, ele o partirá ao meio e o fará participar do destino dos infiéis.

47Aquele empregado que, conhecendo a vontade do senhor, nada preparou, nem agiu conforme a sua vontade, será chicoteado muitas vezes. 48Porém, o empregado que não conhecia essa vontade e fez coisas que merecem castigo, será chicoteado poucas vezes. A quem muito foi dado, muito será pedido; a quem muito foi confiado, muito mais será exigido!”

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.